The Practice S1

prac-cast.jpg

 

Nos idos tempos em que a TVI passava séries e filmes a horas decentes, surgiu uma série de advogados diferente. Longe dos grandes casos, dos escritórios reluzentes e das histórias mediáticas, reunia-se a pequena firma de Bobby Donnell (Dylan McDermott), que defendia traficantes de droga, assassinos e todos aquele que precisassem de defesa.

A série não teve vida fácil: começou como uma substituição e exibiu apenas alguns episódios antes de terminar a época de forma abrupta. Mas, desde início, houve qualquer coisa que a distinguiu das outras e que lhe permitiu regressar com mais episódios, mais personagens, mais histórias para contar. O que começou como uma mera substituição tornou-se em mais um sucesso de David E. Kelley, prolongando-se por várias temporadas e dando origem ao divertido spin-off Boston Legal.

Os casos controversos, que punham muitas vezes em confronto a lei com a consciência do advogado foram um dos aspectos mais apelativos desta série, mas o que sem dúvida a distinguiu das outras foram as grandes actuações por parte de um elenco muito bem escolhido. Os discursos apaixonados de Bobby eram complementados pela presença constante de Ellenor Frutt (Camryn Manheim) e pelo empenho da jovem Lindsay Dole (Kelli Williams), enquanto que no extremo oposto se encontrava o impulsivo Eugene Young (Steve Harris), que não olhava a meios para conseguir proteger os seus clientes. Quando se representa todo o tipo de criminosos, nem sempre ganhar os casos constitui uma vitória, e as desilusões encontravam sempre uma palavra de apoio nos conselhos da secretária Rebecca Washington (Lisa Gay Hamilton), ou na ingenuidade de Jimmy Berlutti (Michael Badalucco), o advogado mais desastrado da equipa.

A primeira temporada é inconsistente na qualidade dos episódios, e quem conhece as histórias seguintes apercebe-se que falta à equipa um elemento opositor consistente, que surge na segunda temporada com a advogada do ministério público Helen Gamble (Lara Flynn Boyle), mas mesmo assim ainda temos a oportunidade de ver, nestes primeiros seis episódios boas e controversas histórias, que irão consolidar o estilo desta série. Da luta diária contra o despejo do escritório à guerra contra a tabaqueira e o caso de uma vingança impulsiva, nem sempre é fácil descobrir quem tem a razão.

Agora que as séries de advogados estão na moda, The Practice continua a ser uma das mais interessantes e que vale a pena rever.