The Syndicate S1

E se, de repente, ganhassem a lotaria? O que fariam com dezoito milhões de libras? Comprariam a casa dos vossos sonhos e juntariam de novo a família quase perdida? Mudariam o vosso corpo e estilo para agradar ao marido? Pagariam todas as dívidas e iniciariam uma nova vida de luxo? Ou, simplesmente, continuariam a viver a vida como até aí? Este dilema, com que muito poucos se depararam até hoje, dá o mote a “The Syndicate“, mais um interessante drama da BBC.

Em Leeds, quando tudo parecia perdido, e o desespero toma conta dos irmãos Stuart (Matthew McNulty) e Jamie (Matthew Lewis), chega a bonança na forma de um chorudo cheque para dividir entre os cinco membros da sociedade do supermercado Right U Buy. Mas o que poderia ter sido mais uma história com final feliz, ganha novos contornos ao explorar as consequências de uma mudança de vida tão dramática.

Para Stuart, esta era a oportunidade de resgatar a sua família da bancarrota financeira e, ao mesmo tempo, de recuperar a família, especialmente agora com a chegada da nova filha. Já para Denise (Lorraine Bruce), o dinheiro não traz felicidade, mas pode ajudar a recuperar o marido que, após anos e anos de casamento, rodeado de parentes indesejáveis e de uma mulher sem qualquer auto-estima, a resolveu abandonar. Jaime, pelo contrário, pensa apenas em si, nas suas dívidas agora saldadas, e nos carros desportivos que pode comprar, enquanto Leanne (Joanna Page) apenas quer continuar a educar a sua filha em paz e Bob (Timothy Spall), bom, Bob tem mais em que pensar. A cada episódio, a cada história que vamos descobrindo e segredo escondido que se vai revelando, torna-se cada vez mais claro que, como reza o ditado, o dinheiro nem sempre traz a felicidade.

Com um início bem promissor e apenas cinco episódios – um dedicado a cada personagem – esperava-se que a série fosse bastante contida e que terminasse da melhor forma. Infelizmente não foi o que aconteceu. Se as histórias de Matthew, Bob e Denise foram interessantes, quando chegamos à vez de Leanne o tom começa a mudar, as situações começam a ficar rebuscadas demais, a telenovela impõe-se na forma de um triângulo indesejável e leva a que, quando chegamos a Jamie, o desfecho seja já tão previsível, que acaba por perder um pouco a piada. De qualquer forma, a certeza de que a história destes cinco vencedores teve aqui o seu fim, e de que a segunda temporada da série irá focar-se em novos vencedores, deixa alguma esperança de que se tenha aprendido com alguns erros da primeira temporada, e que a próxima história seja mais consistente.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s