Better Off Ted S1

betteroffted

Products are for people who don’t have presentations.

Há séries tão incríveis, tão inusitadas, que é impossível não nos rendermos a elas. E se a temporada não foi pródiga em grandes estreias, não há dúvida que “Better Off Ted” conquistou todos aqueles que a descobriram.

Veridian Dynamics, uma corporação multinacional, é o palco desta nova comédia da ABC. Como em muitas outras corporações multinacionais sem escrúpulos, onde se põe o dinheiro à frente dos valores morais, aqui criam-se os mais divertidos e estranhos produtos, desde pratos que pegam fogo a abóboras assassinas ou mesmo a bifes sem carne, tudo em nome da ciência – e do dinheiro, é claro.

O nosso protagonista é Ted Crisp (Jay Harrington), director do departamento de investigação, que procura balançar a sua carreira, a sua moral e a vida como pai solteiro da pequena Rose. A seu cargo tem dois dos melhores cientistas da companhia – Phil (Jonathan Slavin), o mais sensível, e Lem (Malcolm Barret), o mais pragmático – bem como Linda (Andrea Anders), chefe do departamento de testes, uma mulher divertida que intriga Ted mas que nunca poderá ser mais do que sua amiga por a quota de romances no escritório já ter sido gasta. A supervisionar tudo e todos encontra-se Veronica (Portia de Rossi), uma mulher fria e calculista, sem escrúpulos ou boas maneiras, que tudo faz para garantir o sucesso dos projectos mas que, por vezes, consegue mostrar um lado mais sensível.

Das estranhas políticas corporativas à burocracia, das ineficiências aos cortes de custos controversos, tudo é debatido nestes pequenos episódios, mas são as situações caricatas e, especialmente as personagens adoráveis que populam esta corporação, que nos convencem episódio atrás de episódio. Phil e Lem são uma das melhores (e mais estranhas) duplas de cientistas já vistas na televisão, homens que tudo fazem em prol da ciência, mesmo quando isso implica serem congelados vivos, e cada momento que estão no ecrã torna-se uma pérola, mas é sem dúvida a interpretação de Portia de Rossi como Veronica, a implacável chefe com alguns segredos no armário, a mulher que nunca tem um cabelo fora do sítio mas que consegue, por vezes, surpreender tudo e todos, que nos conquista definitivamente.

Com apenas treze episódios, a primeira temporada de “Better Off Ted” pode ter passado despercebida a muitos. Mas para todos aqueles que quiserem soltar uma boas gargalhadas, esta é a série ideal. A segunda temporada está já garantida, e se nos trouxer mais anúncios “Bosses! Better” ou momentos como os vistos em “Racial Sensitivity”, irá certamente entrar para o rol das favoritas deste cantinho.

Advertisements

6 thoughts on “Better Off Ted S1

  1. Realmente, é uma série bem interessante e divertida. OUtras séries sensacionais:
    – Dexter: a muitos anos (mesmo) não se via uma série tão inteligente e cativante. Basta dizer que torcemos por um serial killer episódio após episódio! Genial memso.
    – Dark Blue: trata-se de uma série policial de primeira linha, vale a pena conferir.
    – Leverage: uma trupe que inclui uma mentirosa profissional, uma ladra, um ex-agente de seguros, um mercenário e em hacker a serviço dos desamparados … também vale a pena conferir.
    – Hung: uma série original (técnico do time de basquete que afz programas para ganhar uma grana extra), ainda falta certa química à série, algo que nos cative, que nos vincule ao ator principal. Algo que até o momento não ocorreu. Vale a pena ficar de olho, promete melhoras.

    Era isso … de uma conferida 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s