Alias S1

aliasleather1.jpg

Write this down. E.M.E.T.I.B.
Got it? Now, reverse it

O obscuro mundo dos espiões foi já devidamente explorado em todas as suas variantes na literatura, cinema e televisão. Talvez por isso seja difícil acreditar que ainda se pode criar algo de novo. Mas como se prova pela excelente primeira temporada de Alias, ainda há boas histórias para contar.

Sydney Bristow (Jennifer Garner) podia ser uma estudante universitária como todas as outras, que tenta conjugar a vida académica, os amigos Will (Bradley Cooper) e Francie (Merrin Dungey) e o trabalho no banco Credit Dauphine. Mas Sydney esconde um segredo – ela é também uma agente da SD-6, uma divisão secreta da CIA, percorrendo o mundo em missões secretas com a ajuda do seu parceiro Dixon (Carl Lumbly). Manter uma vida dupla não é fácil, mas mais difícil ainda se torna quando Sydney descobre que tudo aquilo em que acreditava era mentira, que trabalha para as próprias pessoas que julgava estar a combater e que são elas as responsáveis pelo assassinato do seu noivo, Danny. Devastada pelos acontecimentos, Sydney vai aliar-se à verdadeira CIA, passando a trabalhar como agente dupla para acabar de vez com a SD-6 e o seu chefe Arvin Sloan (Ron Rifkin). Com a ajuda de Vaughn (Michael Vartan) e Weiss (Greg Grunberg), Sydney tem agora de lidar com contra-missões, uma primeira incursão no mundo do misterioso arquitecto renascentista Milos Rambaldi e, ao mesmo tempo, aproveitar para conhecer melhor a única pessoa que sempre a intrigou, um outro agente duplo na SD-6: o seu pai, Jack Bristow (Victor Garber).

Numa primeira temporada explosiva do primeiro ao último minuto, com o recurso constante a cliffhangers no final de cada episódio que nunca deixam esmorecer a intensidade da história, aliam-se perfeitamente a acção e a intriga das missões de Sydney, eximiamente delineadas no episódio duplo The Box, à vida dupla que vive e aos relacionamentos que tenta manter com aqueles que lhe são próximos, como em The Coup. E se os episódios relevantes para a mitologia da série, como Page 47 e The Prophecy parecem por vezes rebuscados demais, não deixam de mostrar um J.J. Abrams ainda em topo de forma.

Mas por entre toda a acção, intrigas e correrias, disfarces, perucas e invenções impossíveis de Marshall (Kevin Weissman), voltas e reviravoltas, a grande força da série reside nas suas personagens e nas relações que entre elas se estabelecem, especialmente entre Sydney e o pai, estando os momentos partilhados pelos dois entre os melhores de toda a temporada. Jennifer Garner convence como a espia de grande coração, que consegue dar uns pontapés nos vilões ao mesmo tempo que perdoa mesmo os responsáveis pelo seu sofrimento, como em Color-Blind, mas Victor Garber supera-se como o enigmático Jack, um homem traído pelo seu passado, moralmente ambíguo, que não se importa de recorrer a quaisquer extremos para proteger a filha de todos os perigos, como em Almost Thirty Years.

Tal como provou desde início em Truth be Told, atirando-nos imediatamente para dentro da acção, Alias é uma série que obriga a esperar pelo inesperado, a acreditar no inacreditável, e a não perder a fé nos próximos capítulos. E mesmo que, por estas bandas, a espia preferida continue a trabalhar para a Section 1, não há como deixar de admirar uma série que prova, de uma vez por todas, o quão assustadores são os dentistas.

Advertisements

7 thoughts on “Alias S1

  1. Eu adoro o Alias, da 1ª à última série se bem que foi perdendo qualquer coisa. A última então tinha algumas coisas que irritavam qualquer fã… Mas foi das melhores séries que vi nos últimos anos.

  2. De ti só podia vir uma frase final como esta! Lol! Ainda estou aqui a rir 🙂

    Quanto à Alias, tu já sabes, aliás nem sei bem de onde vieram esses dvd’s que aí tens em casa 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s