Entourage S4

entourage.jpg

É incrível como há séries que apenas melhoram com o passar do tempo. Entourage teve uma primeira temporada pouco interessante, uma segunda temporada melhor e uma terceira temporada muito boa, embora com uma irritante interrupção de 8 meses entre os episódios. Felizmente desta vez não foi preciso esperar muito para as novas aventuras dos amigos mais mediáticos de Hollywood, e na quarta temporada regressam as boas histórias.

Da última vez que vimos Entourage os quatro amigos preparavam-se para ir para a selva da Colômbia filmar o que promete ser o maior sucesso da carreira de Vince (Adrian Grenier). Medellin, o tão aguardado projecto que reúne Vince e o director Billy Walsh (Rhys Coiro) gera imensa atenção, nem sempre pelos melhores motivos, como podemos ver no falso documentário em Welcome to the Jungle.

Às filmagens controversas segue-se uma produção atribulada com uma luta interna de poderes, onde Eric (Kevin Connoly) ganha destaque. Embora com algumas inconsistências, a quarta temporada é a temporada de crescimento de Eric, que expande o seu negócio e começa a tornar-se reconhecido em Hollywood. No extremo oposto, pelo contrário, temos Turtle (Jerry Ferrara), que continua sempre na mesma. Já Drama (Kevin Dillon), depois do sucesso da sua série de TV, entra numa nova fase da sua vida, sempre sem esquecer os velhos vícios. São suas algumas das melhores deixas e cenas ao longo da temporada, mas é no episódio The Cannes Kids que verdadeiramente se revela. Quem diria que nem mesmo o último sobrevivente do Viking Quest iria resistir à flecha do Cupido!

Mas, por muito divertida que tenha sido a personagem de Drama, reconhecida com uma nomeação para os Emmys, Entourage continua a ser dominada por Ari Gold (Jeremy Piven) e as suas constantes lutas com a mulher (Perrey Reeves) e o secretário Lloyd (Rex Lee). No início da série Ari mostrava-se como um agente sem escrúpulos, mas ao longo das temporadas tem vindo a mostrar o seu lado mais humano, e nesta temporada temos a oportunidade de ver como luta pelas coisas que lhe são importantes, quer seja impedir que a mulher volte à televisão ou conseguir um lugar para o filho na melhor escola da zona.

O final da temporada, com a tão aguardada visita a Cannes, consegue mais uma vez esbater as fronteiras entre a realidade e a ficção. Ver estas personagens no tapete vermelho é quase como ver os seus intérpretes numa qualquer cerimónia, e apenas o choque final nos traz de volta para o universo de Entourage, e que avizinha grandes mudanças na quinta temporada.

Há já quem compare Entourage a outro grande sucesso da HBO, Sex and the City, pela forma descontraída com que lidam com as atribulações de quatro pessoas na cidade. Enquanto que as mulheres procuram um amor fugidio em Nova Iorque, em Los Angeles os quatro amigos querem é aproveitar a fama. Comparar séries é sempre complicado, e como só via Sex and the City esporadicamente não vou comentar, mas por agora contento em esperar fielmente por mais episódios de Entourage no verão de 2008.

Anúncios

4 thoughts on “Entourage S4

  1. Não sei se sabes, mas a Fox lançou um novo canal de séries da TVCabo. O destaque são séries, que graças a ti, já vi.

    Devias ter um part-time: conselheira para a programação dos canais públicos de TV. 😉

  2. Sem dúvida, Entourage está como o vinho do Porto. Quanto mais velho, melhor!
    Comento agora o artigo(excelente) pois tenho vist de enfiada as temporadas todas. Vendo-as assim, num todo, sem dúvida que os desequilíbrios se esbatem, mas a verdade é que são as temporadas 3 e 4 que aumentam, e muito, o nível da série.

    Com diálogos corrosivos, as personagens mais populares são obviamente Drama e esse imenso Ari Gold, que rouba literalmente todas as cenas onde entra. Brilhante composição!

    Um aspecto em que a série poderia melhorar era, sem dúvida, no crescimento das personagens. Se na 4ª temporada se nota essa preocupação com E, Turtle tem ficado algo esquecido, vivendo naquele limbo algo irritante de mero adereço…

    É com ansiedade que se aguardam as novdades. Já não falta muito. Cerca de 1 mísero mês, para voltarmos também nós à ribalta da Meca do cinema.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s