The Unit S1

unit.jpg

Depois de uma temporada bastante difícil de Six Feet Under, nada como um bocadinho de acção para descontrair. Ou pensava eu.

303rd Logistical Studies Group é o nome oficial da Unidade, uma equipa secreta das Forças Especiais Americanas. Respondendo apenas ao apelo do Presidente dos EUA, passam a vida em operações militares secretas, nunca vendo reconhecidas as suas vitórias.

À equipa comandada pelo Coronel Ryan (Robert Patrick) pertencem o chefe Jonas Blane (Dennis Haysbert), o adjunto Mack Gerhardt (Max Martini), os soldados Hector Williams (Demore Barnes) e Charles Grey (Michael Irby) e o caloiro Bob Brown (Scott Foley), que percorrem o mundo nas suas missões secretas.

Mas como os inimigos não se deixam no trabalho, é também necessário proteger as suas identidades dentro de casa, e para isso contam com a ajuda das respectivas esposas: a mulher-galinha Molly Blane (Regina Taylor), a esposa desiludida Tiffy Gerhardt (Abby Brammell) e a novata Kim Brown (Audrey Marie Anderson).

Já tinha experimentado ver esta série algumas vezes, mas desistia passados os primeiros minutos. Mas como os meus dvds de BSG 2 continuavam sem dar sinal de vida, resolvi atacar esta série. O conceito prometia, adoro filmes de acção, e é sempre interessante rever Dennis Haysbert, depois da sua participação em 24. Mas fiquei desapontada: as histórias são muito clichés, por vezes mesmo difíceis de engolir, e as personagens acabam por não ser muito interessantes. O relacionamento entre os soldados e as suas mulheres são quase uma propaganda ao que o exército aspira a ser: a vida na base, as casas idênticas, a vida que gira à volta do marido e dos filhos. Esta até pode ser a realidade, mas custa-me a observá-la. E nem mesmo algumas “escapadelas” das personagens as conseguem tornar mais credíveis, mais humanas; continuo a vê-las como clichés.

Para uma série que deveria ser de acção, deu-me um bocado de sono: só no final dos 13 episódios deu para acordar um bocadito. Quem quiser uma boa série de acção com Dennis Haysbert em grande, experimente 24.

Anúncios

4 thoughts on “The Unit S1

  1. Olha, eu cá adorei! Acabámos de a ver no fim-de-semana, porque hoje começa, na Fox, a segunda temporada, e adorámos. Esquisitinha :p

  2. Esta série têm muito, mas muito mais do que aparenta ao olho distraído…, e ao contrário de 24, que é uma porcaria em variadíssimos aspectos, principalmente um argumento que pretende justificar todo o tipo de violência, inclusivé a tortura.. Não interessam os meios desde que se atinjam os fins.. Sim, 24 é mesmo o que uma América delirante e alienada precisa para aliviar uma consciência pesada.. um tipo de ficção muito aborrecida..

    Agora The Unit: David Mamet criou uma boa série com excelentes actores (ao contrário do Sutherland Jr. como protagonista..) que funciona a multiplos níveis..
    Mas cada “gosto” tem a sua contraparte, quem não vê não sente..

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s