The Shield S5

Shield1

The Killer in Me is the Killer in You

Que The Shield era uma das melhores séries policiais de sempre, já tinha ficado provado. Mas esta quinta temporada conseguiu superar tudo. Uma temporada brilhante, onde não existe um único episódio mais fraco ou dispensável. Não há histórias paralelas a dominarem a plot principal. Regressa-se às origens, ao primeiro episódio da primeira temporada, às consequências que este vai finalmente trazer para a equipa anos depois.

Se a quarta temporada trouxe uma história mais calma, focando principalmente as personagens secundárias, conseguiu no entanto lançar as bases para esta quinta temporada. Um erro vai permitir que os Internal Affairs investiguem a equipa, e finalmente vêem-se confrontados com o seu maior inimigo, na pessoa de Jon Kavanaugh da I.A.D.

Quem vê Forest Whitaker na pele de Jon Kavanaugh esquece completamente a actuação de Glenn Close na temporada anterior. Kavanaugh é o polícia incorruptível que não se importa de passar por cima de todos para conseguir os seus objectivos. E quando a sua missão é destruir a equipa, ninguém o vai conseguir parar. A forma como consegue manipular quase todas as personagens, fortes ou fracas, para o ajudar, está brilhante. Kavanaugh quase nos consegue fazer lembrar que sim, estas personagens merecem tudo o que de pior lhes possa acontecer. Afinal são corruptos, roubam, espancam, matam. A razão está do lado de Kavanaugh… e no entanto é impossível apoiá-lo. Por mais corruptos que sejam, Vic (Michael Chicklis), Shane (Walton Goggins), Lem (Kenny Johnson) e Ronnie (David Rees Snell)  são os heróis do série. “You’re trying to get me to turn against my family”. São uma família que Kavanaugh está a tentar destruir.

É impossível gostar deste final, mas era óbvio, desde início, que não poderia ter havido outro desfecho. Não fossem os spoilers que me deram há uns tempos atrás, e o choque teria sido maior, mas de qualquer forma, há muito tempo que esta série não tinha um final destes. Na season 6, que está já aí à porta, alguém vai ter de pagar.

Anúncios

3 thoughts on “The Shield S5

  1. Infelizmente já sabia o que iria acontecer, mas não pensei que fosse já no final desta temporada (ingenuidade minha, mas acima de tudo, era a minha vontade de não ver aquilo acontecer que estava a toldar o meu pensamento/desejo).

    Tens razão quando dizes que Forest Whitaker fez esquecer completamente Glenn Close que tinnha sido magistral na temporada anterior. E este é o melhor elogio que se lhe pode fazer…

    Enorme série… arrisco-me a dizer desde já que é a melhor que já vi, depois de Lost!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s